A Sofia, da Sala Amarela, propôs fazer uma caça ao tesouro com os amigos. A ideia foi aceite pelo grupo e a Equipa organizou uma caça a um tesouro muito especial, com pistas espalhadas pelo Colégio, em diferentes espaços. Em cada pista, tiveram que descobrir e realizar as tarefas que davam acesso à próxima etapa. Desde fazer rimas, descobrir adivinhas, fazer contas lá foram encontrando…LETRAS!

Mas para que serviam? Que tesouro era este que não tinha moedas de ouro nem sacos de doces como o grupo achava que teria?

 

No fim das etapas todas, as duas equipas voltaram a juntar-se na Sala. Viram que cada equipa tinha várias letras mas o que fazer com elas?

- “É para escrever um nome!

- Qual nome?

- Não sei. Vamos juntar!”

Juntaram as letras em cima da mesa e coube ao adulto, com a ajuda das crianças, ir lendo as tentativas para contruir a palavra. Entre trocas de letras, entre tentativas de leitura, o grupo acabou por descobrir: “É AMIZADE! A palavra é AMIZADE”.

AMIZADE! Foi este o tesouro encontrado e só foi possível construí-lo com a ajuda de todas as letras, com a ajuda de todo o grupo. Ainda falaram sobre a AMIZADE como um tesouro que não se vê mas sente-se no coração, nas brincadeiras entre os amigos, quando ajudam amigos a fazerem tarefas, quando confortam um amigo quando está triste.

Durante a conversa ainda surgiu uma proposta “Porque é que não penduras isso na parede?”

Em grande destaque, foi pendurada na parede da Sala e ainda foram descobrir novas palavras iniciadas por cada uma das letras da palavra AMIZADE.

Um desafio que procurou articular as propostas das crianças com conteúdos de Formação Pessoal e Social e o Domínio da Escrita/Leitura. Esta atividade mostrou a perspetiva sócio construtivista onde assenta o Modelo do MEM, no qual com o apoio de adultos ou dos seus pares, as crianças são capazes de realizar tarefas às quais não conseguiriam realizar sozinhas. Por outro lado, a aprendizagem de leitura e da escrita na educação pré-escolar deve ser consolidada de forma lúdica e prazerosa para que continue a haver motivação para este tipo de descobertas.

Área Reservada