Subscreva a Newsletter

Email address:

First Name:

Last Name:


Saiba como a Matemática pode ajudá-lo a conseguir o embrulho de Natal perfeito.

Usando a Matemática é possível descobrir a forma de embrulhar um presente de modo a poupar no papel de embrulho e na fita-cola e, ao mesmo tempo, a conseguir uma bonita embalagem.

A técnica foi criada pela Dra Sara Santos, uma portuguesa a viver atualmente nos Estados Unidos, após ter sido desafiada pela conhecida cadeia de lojas online da Amazon para desenvolver um método que permitisse poupar nos milhares de embrulhos feitos todos os anos pela empresa, na época do Natal.

Mas então, em que consiste esse método? Vamos supor que têm uma caixa com base quadrada, como a da figura. Devemos proceder do seguinte modo:

i) Medir a diagonal do quadrado que constitui a base da caixa (neste exemplo é 14,2 cm);

ii) Medir a altura da caixa (10 cm);

iii) Adicionar o comprimento da diagonal da base com a altura da caixa, multiplicada por 1,5 (14,2+10x1,5=29,2 cm);

iv) Cortar um quadrado de papel de embrulho com lado igual ao valor obtido em iii) (fig. 1).

imagema

Será com este quadrado de papel que vamos embrulhar o nosso presente, como mostram as figuras 1 a 5. Em primeiro lugar, a caixa deve ser posicionada no centro da folha de papel e na diagonal (fig.2). Depois juntam-se duas pontas opostas, podendo utilizar-se um pouco de fita-cola para segurar essas pontas (fig. 3). Em seguida, procede-se da mesma forma para as restantes duas pontas, tendo o cuidado de dobrar um pouco o papel, obtendo-se assim uma sobreposição de papel em dois lados da caixa (fig. 4). Utiliza-se mais um pouco de fita-cola para fixar essas pontas. Os mais habilidosos poderão utilizar apenas este pedaço de fita para fixar as quatro pontas do papel.

E eis que temos o nosso lindo embrulho (fig. 5) em que, para além de se poupar na fita-cola, também se poupou de forma significativa na quantidade de papel, uma vez que existe pouca sobreposição do mesmo.

Também poderá utilizar este método em caixas de base retangular, embora haja uma maior sobreposição de papel e não se consiga um aspeto tão harmonioso com papel de embrulho que tenha riscas paralelas.

Aproveite este método inovador para impressionar os seus familiares e amigos com embrulhos bonitos e económicos!