A ideia que os mais novos aprendem com os mais velhos é uma veracidade. Mas esta verdade não é imutável. A partilha de conhecimentos entre crianças mais novas com crianças mais velhas resulta no desenvolvimento de um conjunto de emoções, sentimentos, capacidades como a curiosidade, a humildade, a atenção, a observação, o carinho, o saber ouvir, o saber partilhar…

Este último e tão importante, o saber partilhar, envolve tantas outras capacidades, pois partilhar é saber comunicar, é conectarmo-nos uns com os outros, é desenvolver um sentido de maior gratidão por aquilo que temos, partilhar é estar disponível para pensar nas necessidades do outro, partilhar é uma forma de promover as relações interpessoais, é descobrir em conjunto como se desenvolve a entreajuda. Partilhar é querer ser mais do que Eu só…

A turma do 4º A e a Sala Castanha usufruíram do privilégio da partilha, em duas sessões, muito entusiasmantes e afetuosas.

Abordando alguns temas da área de Estudo do Meio, numa primeira etapa, a Sala Castanha subiu ao 1º andar e deu uma aula sobre ossos, aos meninos do 4º ano, os quais abraçaram esta aula com muita atenção.

Na semana seguinte foi a vez do 4º ano descer até à sala Castanha e dar uma aula sobre o aparelho digestivo, aproveitando também para falar da boa alimentação.

Estas experiências ficam na memória, ajudam-nos a crescer respeitando o outro, despertam o querer saber, para poder comunicar, para poder partilhar.