9decfe2a ba8d 4f04 a72b e3fa0d368b7e

O teatro é uma das manifestações artísticas mais completas e uma excelente ferramenta na estimulação dos sentidos das crianças, mesmo nas mais tenras idades.

 

Tendo em conta todos os benefícios deste tipo de iniciativas, e no âmbito do desenvolvimento das áreas curriculares do Conhecimento do Mundo e da Expressão e Comunicação, os grupos de Creche e das Salas de 3 anos, tiveram oportunidade de assistir ao Espetáculo de Teatro “Afinal… O Gato?”, da Companhia Teatro Andante.

A música, as artes plásticas existentes nos cenários e adereços, a dança, a expressão corporal dos atores, o jogo teatral e a literatura, enriqueceram todo o ambiente e as sensações vivenciadas por estas crianças que estiveram sempre com muita atenção e ávidas de curiosidade pelo que iria acontecer a seguir.

Este é um espetáculo de promoção da leitura para bebés e crianças pequenas, com poesia de Fernando Pessoa, interpretação de Cristina Paiva, música de Joaquim Coelho, encenação de Fernando Ladeira e imagem de Mafalda Milhões.

Sinopse

“Gato que brincas na rua como se fosse na cama” É ​a ​partir daqui que tudo começa.

Mas afinal onde está o gato? Dentro do sapato? Dentro do poema? Dentro do livro? Dentro de nós?

Vamos jogar com ele às escondidas? Vamos?

Vamos brincar com os sons, com as palavras, com as sensações, com o impossível, com o que não há?

Será que no final vamos saber onde está e quem é o gato?

“A nossa imaginação do impossível não é porventura própria, pois já vi gatos olhar para a lua, e não sei se não a quereriam.” Fernando Pessoa (Livro do desassossego)