Subscreva a Newsletter

Email address:

First Name:

Last Name:


Sabe como se convertem os votos em mandatos?

No passado dia 6 de outubro decorreram as eleições legislativas, também designadas por eleições para a Assembleia da República, em que nós, cidadãos portugueses, determinámos quem iriam ser os nossos representantes para os próximos 4 anos.

Mas … sabe como são atribuídos os mandatos a cada partido tendo em conta os resultados eleitorais?

Nas eleições presidenciais é relativamente simples. Os eleitores votam num dos candidatos e ganha quem tiver mais votos, recorrendo-se a uma 2ª volta caso este não tenha mais de 50% dos votos.  No entanto, nas eleições legislativas, os cidadãos não estão a eleger uma pessoa, mas sim os 230 deputados que irão constituir a Assembleia da República. Esta deverá representar a população na tomada de decisões, pelo que o sistema eleitoral utilizado não é um sistema Maioritário, mas sim um sistema de Representação Proporcional. Isto é a base da chamada democracia representativa.

Em Portugal, nas eleições legislativas, autárquicas e europeias é utilizado um modelo matemático chamado Método de Hondt, criado em 1878 pelo belga Victor D´Hondt, o qual distribui os mandatos pelos partidos de forma a que haja um parlamento que represente, dentro do possível, a vontade dos eleitores.

Exemplo:

Vamos supor que o círculo eleitoral "X" tem direito a eleger sete deputados e que concorrem quatro partidos: A, B, C e D. 

Apurados os votos, a distribuição foi a seguinte: A - 12.000 votos; B - 7.500 votos; C - 4.500 votos; e D - 3.000 votos. Depois de ordenados, o número de votos apurados por cada partido é dividido, sucessivamente, por 1, 2, 3, 4, etc. (até 7, que é o número de deputados a eleger). Em seguida, são escolhidos os 7 maiores quocientes os quais irão corresponder aos 7 deputados a eleger.

Ou seja, da aplicação do método de Hondt resulta a seguinte série de quocientes:

HONT

Neste exemplo, os quocientes correspondentes a mandatos, assinalados a azul, levam à seguinte distribuição:

partido A elege 3 deputados, o partido B elege 2 deputados e os partidos C e D elegem, cada um, 1 deputado. Note-se que a eleição do 7º e último deputado (partido D) beneficiou da regra em que a igualdade de votos atribui o mandato à lista menos votada. 

Cristina Raposo

Professora de Matemática